História do Presépio de Natal

  Postado em   por   Sem comentários

Foi montado por São Francisco de Assis

História do primeiro Presépio de Natal

Texto: Expedição 19

Para muitos católicos a montagem do presépio já faz parte de uma tradição familiar. Ele deve ser montado no primeiro domingo do advento. (Advento é o primeiro tempo do Ano litúrgico e começa exatamente quatro domingos antes do Natal). E deve ser desmontado em seis de janeiro; o dia que os três Reis Magos visitaram o Menino Jesus.

Agora; o que muitas pessoas não sabem é que o primeiro presépio foi montado no Natal de 1.223 por São Francisco de Assis em uma floresta que fica na cidade de Greccio, na Itália. Seu objetivo era facilitar o entendimento da liturgia do dia 25 de dezembro para as pessoas mais simples. Então; com autorização do Papa, São Francisco, recriou o nascimento do Menino Jesus.

De acordo com o frade católico Tomás de Celano que viveu com São Francisco no século XIII e escreveu sua primeira biografia três anos antes de sua morte, São Francisco, se reuniu com um morador local, de quem gostava muito e pediu a ele que providenciasse uma manjedoura (que era uma espécie de cocho de madeira ou de pedra que usado para alimentar o gado) e a cobrisse com palha. Pediu também dois animais um boi e um burro. E assim fez o presépio; e Greccio tornou-se uma nova Belém. Um sacerdote foi quem celebrou a missa ali mesmo, em uma gruta e São Francisco, que era diácono, cantou o evangelho proclamando as maravilhas do nascimento do menino de Belém.

Entre as várias graças concedidas naquele lugar, conta-se que um homem teve uma visão admirável. Ele viu a estátua do menino Jesus acordar quando São Francisco a pegou nos braços e colocou na manjedoura. De certa forma, a imagem que aquele homem viu teve um real sentido, pois o menino Jesus que estava esquecido naqueles corações, havia sido despertado.

Assim, todos os anos no natal, São Francisco reacende o menino Jesus que vive em nossos corações.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *