São Bernardo de Claraval

Caçador de Almas e Vocações

História de São Bernardo de Claraval

Texto: Expedição 19

Filho de nobre e abastada família francesa, Bernardo teve um enorme poder de persuasão. Conseguiu trazer para o exército de Cristo, muitos soldados. Incluindo toda sua família que, junto dele se tornaram monges e única irmã uma monja. Foi conselheiro e mediador de autoridades civis e eclesiásticas, como reis, príncipes, bispos e papas. Diante dessas virtudes, São Bernardo de Claraval é conhecido como caçador de almas e vocações.

Nascido em 1090 no castelo de Fontaine-les-Dijon, na Borgonha francesa. Bernardo era o terceiro de sete filhos do nobre e abastado casal religioso Tescelin le Fontaine e Aleth Montbard. 

Desde a infância, Bernardo foi muito apegado a sua mãe. Durante a gravidez de Bernardo ela sonhou que carregava dentro de seu ventre um cachorrinho que latia muito. Desconcertada, foi perguntar a um servo de Deus qual era o significado daquele sonho. Ele respondeu que ela seria mãe de um poderoso pregador e que ele defenderia a casa de Deus, que é a Igreja, contra seus grandes inimigos. E acrescentou: “Sua língua medicinal curará muitas chagas e doenças das almas.” Diante destas palavras, vemos que os passos de São Bernardo de Claraval foram profetizados antes de seu nascimento. 

Bernardo e seus irmãos foram criados seguindo os principais preceitos da educação e religiosidade. Mas desde sua infância a inteligência e simplicidade, fizeram Bernardo se diferenciar de seus irmãos. 

Quando sua mãe faleceu, Bernardo tinha por volta de 19 ou 20 anos de idade. Foi arrebatado de uma grande dor e tristeza. O luto apoderou-se de sua alma. Bernardo decidiu seguir a vida religiosa, talvez seria um conforto para seu coração, mas junto vieram também as tentações da carne. Certa vez quando percebeu estava olhando para uma mulher, ficou tão envergonhado de si mesmo, que para apagar o fogo daquela culpa mergulhou sem roupa em um tanque de água gelada, em plena época de inverno. Em uma outra ocasião estava hospedado na casa de uma mulher que, percebendo o belo aspecto do rapaz, mandou preparar a cama dele em local isolado. À noite, silenciosamente ela foi procurá-lo. Assim que percebeu a presença da mulher, Bernardo começou a gritar: “Ladrões, ladrões!” A família apareceu, a luzes foram acesas e mulher fugiu. Procuraram o ladrão, mas não o encontraram e voltaram todos a dormir. Na manhã seguinte, os companheiros de Bernardo perguntaram  se ele havia sonhado com ladrões. Ele respondeu: “Na verdade, sofri esta noite uma investida da mulher que nos hospedou. Ela tentou roubar o tesouro irrecuperável da minha castidade” 

No Natal do ano 1111 após ter adormecido, a Virgem Maria apareceu a Bernardo com o Menino Jesus em seus braços. Desde então, decidiu dedicar-se a Deus e alcançar a santidade. Em 1112 ingressou na Ordem Cisterciense. Três anos mais tarde, em 1115, foi enviado a Claraval, para junto de outros monges fundarem um novo mosteiro. Bernardo recrutou tantas vocações, que chegou a ser chamado de segundo fundador da Ordem Cisterciense. Com seu enorme poder de persuasão, conseguiu fazer seus familiares: abraçarem a religiosidade e também se tornaram monges. As moças tinham medo de que seus noivos se encontrassem com Bernardo, pois ele convencia os rapazes sobre os benefícios da vida religiosa e os arrebanhava para a Ordem Cisterciense. Bernardo foi eleito abade do mosteiro de Claraval e não demorou muito; o número de monges na Abadia de Claraval passou de 700. 

Junto dessas atividades, Bernardo começou a escrever inúmeras obras literárias de grande qualidade e conteúdo. Tornou-se o maior escritor do seu tempo. 

Apesar da fraca saúde por causa de sua vida austera, pois dormia pouco, jejuava com frequência e sempre estava fazendo penitências, muitas vezes Bernardo teve que deixar seus afazeres no mosteiro e se envolver em questões da sociedade. Foi um tempo muito conturbado para a Igreja. Além de escritor e um abade fundador de mosteiros, Bernardo foi conselheiro de reis, bispos e papas. Um grande pacificador político. 

Escreveu a regra monástica da Ordem dos Cavaleiros Templários. Ele dizia: “Um Cavaleiro Templário é verdadeiramente, um cavaleiro destemido e seguro de todos os lados; sua alma, é protegida pela armadura da fé e seu corpo está protegido pela armadura de aço. Portanto, está duplamente protegido. Sem ter medos de demônios e nem de homens.”

Bernardo tinha uma enorme influência eclesiástica. Sua voz era tão significativa que para alguns, era ele quem escolhia os papas. Pois o Papa Eugênio III foi um de seus discípulos. É também de Bernardo a tríplice exclamação: “Ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria!”, que compõem a Salve Rainha. 

Bernardo faleceu em 20 de agosto de 1153 na abadia de Claraval, na França. Foi canonizado em 1174 pelo Papa Alexandre III. Em 1830, São Bernardo de Claraval foi proclamado Doutor da Igreja pelo Papa Pio VIII.

São Bernardo de Claraval nos deixou inúmeras obras entre, cartas, livros, sermões. Entre estas obras estão: “Tratado do Amor de Deus” e o “Comentário ao Cântico dos Cânticos”.São Bernardo de Claraval, caçador de almas e vocações e doutor da Igreja é festejado no dia 20 de Agosto.

Oração a São Bernardo de Claraval

“Santo Abade de Claraval, São Bernardo,
fervoroso servo de Maria,
a Igreja o honra e o invoca universalmente
como padroeiro das causas mais difíceis
visto dirigir a Maria todo o seu fervor.
Assim peço que com Maria,
venha pedir por mim a Jesus.
Eu estou sozinho e desamparado.
Faça uso, eu imploro,
do seu especial privilégio que Maria
deu a voz para trazer um benefício
visível e rápido a esse seu servo desesperado.
Venha assistir a esse servo
que está em grande dificuldade e
grande necessidade de consolo e ajuda e
atribulado e com sofrimentos.
Assim me consiga a graça (pedido),
e ainda a graça da salvação de minha alma.
E que isto possa agradar a Deus.
A vós, seu eleito para sempre.
Eu prometo amado São Bernardo,
sempre honrar-vos com fervor,
e como especial padroeiro,
encorajar a devoção a vós.”
Amém.

São Bernardo, rogai por nós.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *